"...E este coração acomodado aí no peito? Use-o, ora bolas. Não fique protegendo-se de frustrações só porque seu grande amor da adolescência não deu certo. Ou porque seu casamento até-que-a-morte-os-separe durou "apenas" 13 anos. Não enviúve de si mesmo, ninguém morreu."

9 comentários:

Elaine disse...

isso ai... deixa acontece naturalmente...
perdi esse medo de amar e estou mt feliz..ta no começinho espero ke de certo...
beijussss
otima
semana

Elaine Freitas disse...

Elaine,
Que delícia esse comecinho não é?

Boa sorte!

Elaine disse...

obrigadu...
estou no só nos sorrisos...
beijus

Ingrid disse...

é isso aí.. bola pra frente!
beijos..

Meire disse...

Elaine, que lindooo, amei aqui tbm!
E sabe, há pessoas que realmente enviuvam de si mesmos, a vida é tão breve e perdemos tempo com essas coisas...tudo passa não?!!!
:) to seguindo menina, bjo grande e uma linda semana pra ti, Meire.

Dinorah disse...

Elaine,
É isso mesmo. Não podemos ficar sem novas tentativas, afinal a vida é feita delas.
Gosto de seus post, sempre me deixam mais feliz.
Um abraço
Dinorah

Ana Paula Saltão disse...

Elaine.. acabei passando por aqui pelo seu comentário no meu blog, obrigada!

Adorei esse excerto da Rita Apoena.. Não conhecia, coisa mais linda! :)

Estou com um blog novo, de moda, se aprecia, faça uma visita! x)

http://vestindocorpo.wordpress.com/

E tentarei atualizar mais do outro... tenho andado sem inspiração, talvez eu tenha de passar o dedo num céu de estrelas também hehe

A.S. disse...

Ah! Como concordo contigo!
Na vida tudo renasce e se renova... até o amor!!!

Beijos,
AL

.:*Aline*:. disse...

Mas muitas vezes o medo nos faz reféns dele... Eh preciso ter força de vontade pra seguir em frente.
*Bjim*