"Perseverança


"Jogo a minha rede no mar da vida e às vezes, quando a recolho, descubro que ela retorna vazia. Não há como não me entristecer e não há como desistir. Deixo a lágrima correr, vinda das ondas que me renovam, por dentro, em silêncio: dor que não verte, envenena. O coração marejado, arrumo, como posso, os meus sentimentos. Passo a limpo os meus sonhos. Ajeito, da melhor forma que sei, a força que me move. Guardo a minha rede e deixo o dia dormir.

Com toda a tristeza pelas redes que voltam vazias, sou corajosa o bastante para não me acostumar com essa ideia. Se gente não fosse feita pra ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes. Perseverança não é somente acreditar na própria rede. Perseverança é não deixar de crer na capacidade de renovação das águas.

Hoje, o dia pode não ter sido bom, mas amanhã será outro mar. E eu estarei lá na beira da praia de novo. "

6 comentários:

Meire disse...

Elaine querida, e tem dias que são assim cheios de redes vazias, mas há outros que sempre chegam trazendo um montão de coisas boas nas redes!!!
:)

Tem selo comemorativo lá no Crystal flor!

bjokitas com mega carinho!

Bibiana Benites. disse...

Eliane!!

Obrigada pelo carinho.
Feliz em te ver no "Enttreaspas" de novo.

Beijos meus.

.:*Aline*:. disse...

Há dias estranhos... mas uma coisa é certa, tudo muda, mesmo qndo nem percebemos.
Bjus linda!!!

Vivian disse...

Olá,Elaine!!!

Tem dias assim...ainda bem que há esperança no amanhã!!
Lindo texto da Ana Jácomo!!
**Obrigada pela visita!
Seja Bem-Vinda!
Beijos!

Rô... disse...

oi Elaine,

que bom que está voltando,
e em grande estilo,
um dia nunca é igual ao outro,
ainda bem,
porque amanhã será sempre melhor...

beijinhos

NINA* disse...

Fico feliz que tenhas voltado, e chegou arrasando com esse texto da Ana. Temos muito o que aprender com o mar.

Beijokas

Nina